O Futuro presente: Onde você está em relação ao passado, ao presente e ao futuro?!    
 Onde você está em relação ao passado, ao presente e ao futuro?!0 comments
picture16 January 2013

(original em inglês 12 Jan 2013 @ 14:41, por Max Sandor)

O homem civilizado moderno parece estarrecido quando encontra estilos de vida diferentes dos nossos tempos. O exemplo mais óbvio é o das culturas cujos membros parecem viver de modo feliz, SEM fazer inferências, como os 'Pirahã' do Brasil ( ver [link] ). Eles têm a 'Gramática da Felicidade', ou são eles não-humanos, segundo a inferência do ponto-de-vista dos linguístas/filósofos? As opiniões parecem oscilar entre reverência cega e racismo declarado.

Enquanto isso, uma outra língua nativa fez ergueren-se algumas sobrancelhas; uma língua que é também 'suspeita' de ser 'não-inferente', e uma língua que trata a perspectiva do passado&futuro aparentemente de modo oposto da 'nossa' perspectiva.

Linguistas olharam para uma das principais línguas dos descendentes do povo Maia, a língua Aymara, falada por cerca de 3 milhões de pessoas, e viram que o povo que falava essa língua colocava o futuro aparentemente ATRÁS, e o passado NA FRENTE deles (veja [link] ).

Se quiser, dá para sorrir com arrrogância e seguir com a vida...MAS, o que aconteceria se olhássemos por um momento para a sanidade da NOSSA cultura, que coloca o futuro 'em frente'?

Primeiro, porém, um pequeno detalhe que normalmente escapa à atenção dos linguistas profissionais: as línguas ocidentais modernas colapsam as preposições de espaço e de tempo dentro das MESMAS palavras, como se tempo de espaço fossem a mesma coisa. Se estritamente visto, não faz sentido tratar ambos como o mesmo.

Segundo, nossas próprias línguas tratam as preposições de tempo de um modo que permite a especulação de que talvez, NOSSOS PRÓPRIOS ANCESTRAIS LINGUÍSTICOS podem ter tido o passado 'na frente' e o futuro 'atrás'. No mínimo podemos construir algumas combinações de arrepiar os cabelos, sobre as preposições de espaço e de tempo, como fez Maynard de Aymar na língua germânica ( [link] ).

Propõe-se, assim, um novo e fresco olhar naquilo que estamos olhando, quando estivermos olhando para o elemento mais inferente da nossa mente, que é a idéia de futuro!

Colocar a visão de futuro diretamente na frente, como parece ser o hábito da maioria das pessoas ocidentais, é, provavelmente, a PIOR de todas as possibilidades. Isso faz colidir direta e brutalmente com a percepção 'daquilo que está lá, em frente de si', a chamada SITUAÇÃO PRESENTE. A experiência mostra que esse modo de ver o futuro cria incerteza, auto-invalidação, tensões extremas, nervosismo, e falta generalizada de persistência, necessário para se alcançar um objetivo.

No Power+Life Coaching nós oferecemos, entretanto, ao cliente, trabalhar com a visão dos seus projetos FORA do espaço da 'realidade atual', típica no lado direito e acima do corpo. Isso funciona muito bem para muitos e é de longe superior à visão 'comum' do futuro direto na frente.

E o passado? Aquilo que não se vê PODE ferir! Se você não está atento no tráfego em torno enquanto dirige um carro, as chances de um acidente aumentam dramaticamente. Para se ter um sentido de novas tendências, quer no tráfego ou na vida, é preciso trilhar movimentos que se estendem do passado até dentro do futuro.

Portanto, colocar o passado ATRÁS de si mesmo é a pior opção.

Em nossas sessões de Coaching, nós convidamos o cliente a perceber o passado no lado ESQUERDO e ABAIXO. Observamos então nossos projetos se desdobrando sobre idireito, ambos ligeiramente em frente.

Até agora tudo bem, mas esse ainda não é o modo que a língua falada pelos índios Aymara parece indicar as suas visões do futuro e do passado.

Agora, se se move 'o espaço da visão de futuro'para o topo da cabeça, ligeiramente para trás, se poderá especular que os pesquisadores da língua não-inferente dos Aymara podem bem ter negligenciado um detalhe importante: 'atrás', não- necessariamente se refere ao espaço FÍSICO das costas, ou atrás da expressão da fala, mas aponta para o espaço INTERNO na visão da pessoa.

O que significa que, tomando a visão de futuro no espaço interno (necessariamente um espaço inferente ou "postulador'), significando ligeiramente ATRÁS e ACIMA da cabeça, e o seu passado estando lateralmente visível, torna-se possível testemunhar o TEMPO PRESENTE, ao máximo, com um mínimo de inferências e/ou interferências.

Ergue-se aqui uma questão da existência: Onde se está em relação ao passado, ao presente e ao futuro?!

Prova!

.....
Visite no Facebook: [link] http://www.facebook.com/HeloAsha
Veja os desenhos: [link] (inglês)


[< Back] [O Futuro presente]


0 comments


Your Name:
Your URL: (or email)
Subject:       
Comment:
For verification, please type the word you see on the left:


[< Back] [O Futuro presente] [PermaLink]?  [TrackBack]?